quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Homens de Pedra – A História da Geologia (Men of Rock)

1747, um jovem médico escocês recém-formado é banido para uma fazenda lamacenta pela família, após engravidar uma senhorita em Edimburgo. Ele se vê então obrigado a atolar-se na lama para cavar canais de irrigação. No entanto  esse “fundo de poço” seria o cenário no qual  James Hutton receberia inspiração para uma das maiores descobertas da história; Uma que se tornaria tão significativa como a teoria da Evolução de Darwin ou a da Relatividade de Einsten. Uma teoria que desafiaria o “status quo” e o colocaria em risco: A afirmação de que o tempo bíblico não era uma medida adequada para se calcular a idade da terra. Havia chegado o momento de a humanidade reconhecer O Tempo Profundo.
áudio: english
legendas: portugês br
Episódio 01: Tempo Profundo

Iain aborda como o geólogo Edward Bailey descobriu que a Escócia fora outrora lar de supervulcões. E como o herói desprestigiado Arthur Holmes resolveu o mistério do que faz os continentes moverem-se pela superfície do globo. Aprendemos como os vitorianos criaram um aparelho engenhoso para mostrar como as montanhas podiam ser formadas.
Episódio 02 Movendo Montanhas

No último episódio, Iain revela o audacioso cientista Louis Agassiz, que primeiro imaginou um mundo assolado por uma era glacial. Além disso, a história do humilde faxineiro James Croll, que usou os planetas para decifrar o ritmo natural do clima terrestre.
Episódio 03: O grande congelamento


Obs: Se não aparecerem as legendas clique em CC.

Portões do Inferno

O The History Channel discute um assunto intrigante defendido pela mitologia antiga e pelas lendas cristãs: alguns lugares do mundo seriam verdadeiras passagens para o reino das trevas.

No especial inédito Portões para o Inferno, o canal mostra quais são esses lugares – entre eles, um vulcão na Islândia, uma caverna nas selvas da América Central e um lago de fogo na África – e porque eles teriam recebido tal denominação. Para muitas culturas antigas, o inferno estaria localizado abaixo da terra e poderia ser acessado através de lugares remotos, de difícil acesso, como vulcões, desertos, ilhas e cavernas.




segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Os Bárbaros – Os Vândalos

Os Vândalos


Os Vândalos eram uma tribo germânica oriental que penetrou no Império Romano durante o século V e criou um estado no norte da África, centralizado na cidade de Cartago. Os vândalos devem ter dado seu nome à região autônoma da Andaluzia (originalmente Vandalusia e depois Al-Andalus), na Espanha moderna, onde eles se fixaram temporariamente antes de emigrarem para a África.




Os Bárbaros – Os Saxões


Nos dias mais sombrios do grande Império Romano uma horda bárbara surge para reclamar suas terras. Surgiram como saqueadores e seu nome permanece marcado na própria terra. O estrondo de suas conquistas ecoa por todo um continente e seu legado alcança o mundo inteiro. São os Saxões, os reis guerreiros!

Os Bárbaros – Mongóis

Era fim do século XII enquanto a Europa se afundava na Idade das Trevas, duas culturas criavam padrões de civilização. Eles eram os estados islamicos da Pérsia e da Ásia central e mais para o oriente um trio de reinos fabulosos na China. Entre eles havia um território deserto e inóspito, as estepes da Eurásia. Mas essa região árida era habitada. Povos nômandes como os Mongóis sobreviviam em condições precárias e lutavam a maior parte do tempo contra a natureza. Essa batalha, sem que eles soubessem, os fortaleceu e os transformou em grandes guerreiros da história.




sexta-feira, 3 de junho de 2016

Os Bárbaros - Os Hunos

O terror consumia a civilização ocidental, enquanto chuvas de flechas escurenciam os céus o Império Romano era sitiado por bárbaros, cuja a principal arma era o pavor que insipiravam em suas vítimas. Eles eram os Hunos, violentos invasores orientais que pareciam desejar apenas a destruição. Mas eles eram mais do isso. Mestres da estratégia militar e exímios jogadores na diplomacia internacional, eles eram poderosos agentes de mudança. Em sua implacável sede de conquista os Hunos deixariam sua marca indelével na história, libertando forças ilícitas e implantaria uma nova ordem mundial.



Os Bárbaros – Os Lombardos

Uma sombra ameaçadora recaía sobre o que um dia foi o Imperio Romano. Assaltados por uma onde de Bárbaros violentos. Godos, Hunos, vândalos… a civilização romana de 500 anos estava a beira de um colapso. No século VI, a fome, a guerra e a praga varrem as terras italianas, deixando a morte e a devastação em seu caminho, mas o pior ainda estava por vir. Do norte chegam as últimas ordas bárbaras, ferozmente pagãos, famosos por sua crueldade, eles eram os Lombardos. O golpe final no Império Romano.